Meus Bichos

Você está aqui:
TODOS
Meus Bichos



Meus Bichos

‘Tenho 28 anos e aprendi montar com minha família, sabe. Com 4 anos já montava sozinho e me divertia com meus bichos. Eu montava, caía e chorava, mas ai montava outra vez. Montava, caía, chorava e montava de novo, sempre assim ! Tinha que montar escondido é claro, porque meus pais não deixavam, eu era muito pequeno e eles ficavam preocupados.

Agora, na minha vida vi essa cidade mudar muito. Aqui era bem mais roça, cê via cavalo em tudo quanto era lugar. As pessoas usavam eles no a dia a dia e tinham contato de verdade com os bicho, tinha relação de verdade com eles. Tratava como gente da família. Fico feliz de ver que apesar de toda mudança que Valinhos passou ainda tem gente que vai continuar essa tradição, essa relação com os bichos. Tem muita gente ai, até uns rapaz mais novo, que só do jeito que anda você já vê que é caipira mesmo. Eles vão manter viva nossa cultura, nosso amor pelos bicho mesmo com as mudança da cidade.

Pra mim mesmo viver sem esses bichos é impossível ! Ia ser difícil demais. Pra você entender, é igual quando você tem um filho pela primeira vez e depois não consegue viver mais sem ele. Seja você que olha o bicho no olho e já entende como ele está, seja o bicho que te olha e também te entende. Hoje mesmo ele tá bem arredio, é a segunda vez que ele vem pra cidade, então tenho que tomar cuidado com ele.

Hoje tenho meu filho, de 4 anos. Procuro ensinar o respeito e a importância da natureza pra ele. Ia trazer ele aqui hoje, mas fiquei com medo desse sol quente, mas eu ia trazer ele aqui. Ele é pequeno ainda e fico preocupado , mas já pensou se ele sair pra montar escondido de mim ?’

Tags: Adulto, Agricultor, Cavalo, Chapéu Em pé, Individual, Pai, PROAC, Rosto, São Paulo, Sudeste, Tomás Cajueiro, Valinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Informações

Cidade
Valinhos –SP
Data
Janeiro 2017
Fotógrafo
Tomás Cajueiro
Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *