Cultura e família

Você está aqui:
TODOS
Cultura e família



Cultura e família

“Meu nome é Tanianey Ribeiro, tenho 34 anos, Paulistana e em novembro de 2016 eu vim morar em Paris.

No Brasil, eu trabalhava no SESC com programação cultural, fiz várias contratações de teatros da França e fui pegando um gosto pela cultura. Durante meu tempo no SESC eu trabalhei bastante com pesquisa e comecei então a me interessar pelo trabalho de curadoria. Pra ser curador no Brasil é preciso cursar a faculdade de artes, mas eu não sou apta a criar. A maioria das faculdades brasileiras é voltada para as pessoas que vão criar e por isso eu não conseguiria entrar nelas. Gosto mais da parte administrativa, gosto de pesquisar ou produzir eventos e exposições. Gosto mesmo de estar nos bastidores.

Fui então começar a pesquisar para estudar fora do país. Pensei na Russia, mas ia sofrer muito pra me adaptar, então a outra opção que me pareceu atraente foi a França, que já havia me encantado. Vi que tinha faculdade de História da Arte com ênfase em curadoria. Pensei ‘É isso que vou fazer’. Larguei minha carreira no SESC e decidir ir pra França. Outra coisa que achei muito interessante é o fato de que o negro tem muito mais oportunidade aqui na França. Principalmente na arte. Aqui não tem esse estereótipo do negro ser doméstico ou sub empregado.

Minha mãe super apoiou pois ela já viajou muito a trabalho. Meu pai já não levou tão numa boa. Eu e meu pai somos muito próximo, a gente é amigo mesmo sabe? De sair pra tomar uma no bar e conversar, mas depois da minha decisão, ele começou a se distanciar de mim. No começo foi horrível. Em São Paulo, morávamos eu e minha irmã e ele só passou a ligar pra minha irmã, mesmo que fosse pra saber de mim. Ai um dia eu me desabei em choro porque não entendia essa atitude dele. Ele tinha o maior orgulho do meu trabalho no SESC e gosta da minha veia cultural. Quando eu já estava aqui, mais próximo do natal, ele me ligou e falou “filha, você ta fazendo muita falta aqui. Eu te apoio porque realmente o que você vai ficar fazendo aqui se você tem a ambição de crescer?” Aí foram só lágrimas, mas foi um certo alívio ouvir isso.”

Tags: Adulto, Artistas, Europa, Felipe Paiva, França, Individual, Meio Corpo, Mulher, Paris, R.U.A Fotocoletivo, Rua, Sentado, sorriso

Informações

Cidade
Paris – FR
Data
Março 2017
Fotógrafo
Felipe Paiva
Compartilhe com seus amigos!