Desfile da vida

Você está aqui:
TODOS
Desfile da vida



Desfile da vida

“Desfilei pela primeira vez em 91 aqui pela Rosas de Ouro, eu até lembro do enredo, era algo como ‘Piloto de fogão a chefe da nação’ que falava sobre a mulher. Tem um pedaço do samba que era assim: ‘Cabo cheiroso, gostoso, Separa a gema do ovo para poder melhorar’. Lembro de tudo isso ai e como fui bem acolhido aqui eu continuei desfilando até 99.

Ai quando foi em 2000 entrei pra trabalhar aqui, na época de um outro carnavalesco: o Raúl Diniz. Fiquei até hoje, mas a vida aqui na escola não para de me surpreender.  Por exemplo, quando passei a trabalhar aqui eu comecei a desfilar de destaque nos carros e foi assim até ano passado, quando sai de rei da Dinamarca em um dos carros da escola.

Agora esse ano, desde 1991, vai ser o primeiro em que eu não vou desfilar, porque tá muito corrido e vou ser apoio de uma destaque central do Rosas. Vai ser uma experiência nova, de estar na avenida curtindo mas sem desfilar propriamente dito, sabe. Achei que fosse sentir falta de desfilar no carro, mas olha, está sendo uma baita experiência legal essa de ser apoio de uma pessoa. Isso talvez a grande coisa de viver o carnaval, mesmo depois de tanto tempo ainda tenho experiências novas.”

Tags: Academia, Adulto, Artistas, Carnaval, Desenhista, Em pé, Homosexual, Individual, Juba Melo, Meio Corpo, PROAC, São Paulo, São Paulo (Cidade), Sudeste, Tomás Cajueiro

Informações

Cidade
São Paulo – SP
Data
Fevereiro 2017
Fotógrafo
Tomás Cajueiro
Compartilhe com seus amigos!