Ferrovia de Valinhos

Você está aqui:
TODOS
Ferrovia de Valinhos



Ferrovia de Valinhos

“Nasci em 1943 e com 13 anos de idade comecei a trabalhar em cerâmicas do distrito de Valinhos e em 1963 entrei para uma empresa terceirizada da ferrovia. Em 1965 me tornei funcionário da Companhia Paulista de Estradas de Ferro, na turma 118 do bairro Capuava.

Meu primeiro trabalho na ferrovia foi com troca de trilhos, comecei em Louveira e fui até Campinas trocando trilhos, eu era jovem e quando a gente é jovem, é outro espírito para trabalhar. Eram 16 homens arrancando o trilho velho, de 12 metros, e 16 colocando o trilho novo. O pessoal mais novinho pegava na tenaz, um de cada lado, prendia-se na sapata e depois era tudo no grito, para sincronizar o serviço – ohhh vamos, ohhh vamos, e tinha o feitor de linha na frente gritando. Acabava de trocar o trilho, apertava as garras e o trem já passava, não podia atrasar, tudo era muito pontual.

Passaram alguns anos fui morar na turma 117 e a trabalhar como guarda de cancela. Eu trabalhei por pouco tempo na estação de Valinhos, na área de expedição de cargas. Me aposentei em 1984 e a ferrovia dá muita saudade na gente, principalmente dos companheiros de serviço.”

Tags: Aposentado, Corpo Inteiro, Em pé, Ferrovia, Homem, Idoso, Individual, Marcel Pazinatto, Praça, PROAC, São Paulo, Sudeste, Valinhense, Valinhos

Informações

Cidade
Valinhos – SP
Data
Março 2017
Fotógrafo
Marcel Pazinatto
Compartilhe com seus amigos!