Homossexual na rua

Você está aqui:
TODOS
Homossexual na rua



Homossexual na rua

“Em primeiro lugar, meu nome é Vivian Theodoro de Oliveira, ainda assino com o nome masculino porquê sou homossexual, tento mudar meu nome na justiça. Eu nasci em Santo André no dia 11/10/1991, eu estou em situação de rua porquê eu sou homossexual e minha família não me aceita. Eu fui criada pela minha avó e pelo meu pai, meu pai veio a estar preso por tráfico de drogas. Estou na rua há 1 ano, onde conheci meu marido, ele é uma pessoa maravilhosa, ele vem cuidando de mim, a gente quer casar. Quero poder trabalhar livremente sem nenhum preconceito, sem nenhum preconceito, diferentemente de hoje em dia já que as pessoas são muito preconceituosas. A gente tem que parar de ser hipócritas com nós mesmos, a gente vive numa sociedade que temos que respeitar todos.

Até os moradores de rua tem preconceito comigo. Muitos não aceitam homossexuais, jogam piadinhas, acham que a gente tem que morrer, que a gente não é ser humano, muitos falam que é um pecado contra Deus. Onde eu durmo com o meu marido, é sossegado, mas a gente já dormiu em lugares que fomos ameaçados. Então os próprios moradores de rua são preconceituosos, infelizmente.”

Tags: Adulto, Daniel Arroyo, Em pé, Homossexual, Individual, morador de rua, PROAC, Rosto, Rua, São Paulo, São Paulo (Cidade), Sudeste

Informações

Cidade
São Paulo - SP
Data
Abril 2017
Fotógrafo
Daniel Arroyo
Compartilhe com seus amigos!