Minha Vó

Você está aqui:
TODOS
  • Minha Vó
  • Minha Vó



Minha Vó

‘Amo minha avó do fundo do meu curação porque ela era uma pessoa boa para todos nós. Uma mãe, uma rainha, uma guerreira. Posso fazer uma poesia para ela? Assim ó:

“Escrevi na areia pois não tive como explicar, Cicera Maria se foi e nunca mais vai voltar e saudades vai ficar”, gostou ? ‘, perguntou com os olhos cheios de lágrimas.

Tags: Alagoas, Artistas, Criança, Individual, Maceió, Nordeste, Poeta, Tomás Cajueiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Informações

Cidade
Maceió - AL
Data
Dezembro 2014
Fotógrafo
Tomás Cajueiro
Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *