O barro e os jovens

Você está aqui:
TODOS
  • O barro e os jovens
  • O barro e os jovens



O barro e os jovens

‘Criei meus filhos com muito orgulho com o trabalho no barro. Como tantas mulheres do Brasil sempre dependi do meu suor, da minha força, para além de trabalhar para ganhar dinheiro, educar todos meus filhos. Sempre trabalhei no barro, fiz potes, vasos e tudo o que as pessoas precisavam. Nunca foi muito fácil, mas graças ao bom Deus nunca me faltou nada.’

Qual foi o momento mais difícil dessa luta toda?, perguntei deslumbrado com a história da senhora.

‘Eita filho, difícil mesmo foi em 2010 quando veio uma enchente e destruiu a vila em que cresci. Tivemos que sair lá da vila e mudamos aqui pra essa parte nova da cidade. Eu sinto muita falta do sussego, aqui tem muita bagunça, os jovens tudo ganha dinheiro do governo e trabalha bem menos do que nós trabalhavamos. Tem muito tempo pra vadiar, ai já viu meu filho.’

Tags: Alagoas, Aposentado, Artistas, Idoso, Individual, Nordeste, Quilombola, Tomás Cajueiro, União dos Palmares

Informações

Cidade
União dos Palmares - AL
Data
Janeiro 2014
Fotógrafo
Tomás Cajueiro
Compartilhe com seus amigos!