Segurança na cana

Você está aqui:
TODOS
Segurança na cana



Segurança na cana

“Claudinei Aparecido Cardoso, 45 anos de idade, dos quais uns vinte e cinco no mundo da cana. Hoje eu sou o líder aqui, né? Eu comando a rapaziada aqui na colheita mecanizada e é onde a gente procura fazer o melhor. Acho que pra ser um bom líder você tem que saber o serviço do seu liderado, e aqui na cana eu já fiz de tudo, já plantei, já colhi. E graças à Deus pelo meu desempenho, os patrões também foram me reconhecendo e graças a Deus eu ‘tô’ aqui hoje de líder, muito contente.

As pessoas precisam perder a ideia de que a cana é um mal pro trabalhador. Sabe aquela história de boia-fria? Hoje não tem. Antes, o pessoal cortava, era aquela luta, a gente ‘tava’ com os caminhões ali no meio, indo e vindo. Hoje, a tecnologia já ‘tá’ bem avançada, melhorou muito a produtividade e a segurança também. A segurança hoje aqui é altíssima.”

Tags: Em pé, Fazenda, Meio Corpo, PROAC, São Paulo, Sudeste, Terra Roxa, Tomás Cajueiro

Informações

Cidade
Terra Roxa – SP
Data
Junho 2017
Fotógrafo
Daniel Arroyo
Compartilhe com seus amigos!