Sempre sorrindo

Você está aqui:
TODOS
Sempre sorrindo



Sempre sorrindo

“Sou um cara muito feliz, sem a felicidade a gente não vive. Falo isso apesar dos vários desafios que já enfrentei morando na rua por tanto tempo como eu já morei. Hoje não, hoje moro numa pensãozinha. Tenho uma cobertinha, travesseiro, tudo bem quentinho!

Mas sabe, fui cair a rua depois que eu separei da esposa , larguei meu emprego e vim aqui pra Campinas na esperança de ter um emprego. Sabe, Campinas né ! Todo mundo falava que era rica e uma cidade com trabalho pra todos. Mas aí eu não consegui emprego, comecei trabalhar alguns bicos que não conseguiam bancar o custo de vida alto que tem aqui na cidade. Ai quando dei por mim ‘tava’ na rua. Gostaria de pedir que as pessoas não julguem e tratem mal quem mora na rua. Tem coisas que na rua não são uma opção. Falo do álcool e drogas, sabe. Você morando na rua não tem outras saídas, se você num beber, você passa frio, você passa raiva, passa fome. Então você esconde o seus problemas na bebida e na droga. Não é algo que entra ali por diversão, sabe.

Eu aprendi muito, vivi que muita gente, conheci pessoas boas e ruins e cheguei a uma conclusão: melhor por o sorriso na cara e viver sempre sorrindo! Não importam os problemas, eles ficam mais fáceis se vivemos sempre sorrindo.”

Tags: Adulto, Amigos, Campinas, Em pé, Individual, morador de rua, PROAC, Rua, Salgado, São Paulo, sorriso, Sudeste, Tomás Cajueiro

Informações

Cidade
Campinas – SP
Data
Março 17
Fotógrafo
Tomás Cajueiro
Compartilhe com seus amigos!