Vida a dois

Você está aqui:
TODOS
Vida a dois



Vida a dois

Nossa história começa em festa, continua em festa e vive em festa. Foi em 2014, Setembro, quando o Zé Mario quis realizar um evento de sua produtora dentro do Grupo Matriz, grupo de pequeno/médio dentro da cena de eventos do Rio de Janeiro. Para que isso fosse realizado precisava apresentar seu projeto para a responsável pela casa, que no caso era a coordenadora do grupo, Elisa. Entretanto, nesse dia, Elisa teve um contratempo e pediu que sua estagiária, a Chris, fosse analisar a apresentação.

Obviamente que a relação até o momento foi extremamente profissional, e isso se perdurou até a segunda festa que ele realizou no grupo, no dia 27/12/2014. Neste dia, nós conversamos mais a respeito de nossas vidas e – pasmem – a mudança de país já era assunto por parte da vida do rapaz. Foi naquela noite que aconteceu o primeiro beijo e, quinze dias depois aproximadamente, viriamos a namorar.

Realizamos diversos eventos juntos, ela foi promovida, ele concluiu a faculdade no final de 2015 e foi contratado para trabalhar em outra empresa. O assunto de mudança de país já sondava nossas cabeças mas como o relacionamento era muito recente, estávamos receosos de dar esse passo gigantesco naquele momento. Alguns meses se passaram, muitas festas rolaram. Ela saiu da empresa que trabalhava e passou a se dedicar exclusivamente as festas que produziam em conjunto (que estavam cada vez maiores), entre outras produções de show e de novos artistas e, ele ficava se dividindo entre escritório e produções. Até então nossa vida ia muito bem.

Dois meses antes de tudo mudar em nossas vidas, a Chris chegava ao auge como cantora, cantando no Maracanã ao lado dos Rolling Stones para mais de 60 mil pessoas, em uma de suas maiores emoções da vida inteira, sem saber que a maior ainda estava pela frente.
Até que, no final de abril de 2016, em uma conversa dentro do carro, decidimos de vez nos mudar.
– Mas você sabe que pra isso vai ter que casar comigo né? – Disse Zé Mario
– Eu sei, vamos casar!
Sim, o casamento era necessário para que Chris conseguisse o visto para trabalhar e estudar em Londres, já que ele tem a nacionalidade portuguesa.
Entre a decisão e o pedido oficial foram 15 dias, realizado na noite do dia 15 de maio de 2016. Entre o pedido e o casamento foram 2 meses, no dia 16 de julho. E entre o casamento e a mudança oficial, mais dois meses, no dia 16 de Outubro.
Desde que chegamos a saudade da família e amigos é grande – muito grande – tão grande quanto os apertos que estamos passando nesse primeiro momento – apenas há 4 meses no país novo. Mas sabemos que tudo isso vale a pena. Estamos com nossos empregos (ela é garçonete em um restaurante italiano e ele Key Holder em um cassino), moramos em uma casa grande com mais 3 pessoas (2 irmão dele e sua cunhada que já moravam aqui há mais de dois anos) e estamos felizes – muito felizes.
O que mais impressiona no país é a segurança e como tudo funciona. A diferença pro Brasil é gritante, de você poder usar celular e até laptop tranquilamente dentro do ônibus, de noite, fazendo viagens longas, sem o receio de ser assaltado. É claro que acontece mas o índice é bem menor.
Já estamos até realizando nossos hobbies – ele no judô e ela no coral e na academia – e já garantimos nossa passagem de volta ao Brasil (calma, apenas para visita).
É claro que ainda temos muitos sonhos pela frente, como achar um emprego em nossas áreas, fazer nossos mestrados, ter nossa casa, entre outros tantos. Mas aos poucos, lutando cada dia mais e dando nosso melhor em tudo, vamos conquistando nosso espaço.

Tags: Adulto, Corpo Inteiro, Dupla, Em pé, Erica Dezonne, Europa, Familia, Homem, Imigrante, Inglaterra, Londres, Mar, Mulher, PROAC

Informações

Cidade
Londres – GB
Data
Março 2017
Fotógrafo
Erica D. Dezonne
Compartilhe com seus amigos!