Individual

Você está aqui:
TODOS
A APAE 17jan

A APAE

“Sou Deise Kratza e venho aqui na APAE desde bebezinha ! Gosto muito daqui, gosto das atividades propostas, gosto principalmente do teatro. Gosto de enfrentar a o público, não tenho medo ou vergonha porque faço isso desde que tenho 10 anos. Acho que ele também ajudou a não ser tímida com nada, eu falo é
...continue lendo

Fusca Amarelo 17jan

Fusca Amarelo

“Memória afetiva, o fusca na minha vida está ligado a diversos momentos: descobertas, viagem, aprender a dirigir, namoro, família, filhos etc. Tenho a grata satisfação de ainda poder dirigir um, ainda mais o “Pigmeu Amarelo”, da minha mãe, um senhor de 44 anos, com o qual celebro a vida e as emoções que a permeiam.
...continue lendo

Rua Sete 15jan

Rua Sete

“Eu nasci em 1962 e tenho muitas lembranças da Rua Sete de Setembro, principalmente dos carnavais, desfilei desde os 10 anos de idade na Águias da Avenida. Já com o futebol, joguei só no Rigesa, onde ganhei vários campeonatos, jogava de centroavante e tinha muita rivalidade aqui na cidade. Infelizmente Valinhos preservou pouco sua história
...continue lendo

Vida na arte 10jan

Vida na arte

‘Eu tinha 14 anos quando comecei a me envolver com arte. Foi graças a uma vizinha, que comentou que iria começar um curso e eu acabei indo junto. Na época eu não conhecia nada, eu era uma menina ainda. Era um curso difícil mas apaixonante e portanto, quando fiz 18 anos, precisei decidir o que
...continue lendo

Ser Juiz | Retratos Brasileiros 08jan

Ser Juiz | Retratos Brasileiros

‘Quando crescer quero ser Juiz. Juiz. Sabe porque ? Porquê minha mãe foi em um por causa do meu irmãozinho. Então por isso quero ser juiz.’

Pedreira de Valinhos 06jan

Pedreira de Valinhos

“Meu nome é Jonathas Fernandes da Silva conhecido também como John, Jonas, Negão ou Star. Nasci em Niterói RJ mas me considero valinhense, pois desde os 3 anos resido em Valinhos, escolhi a pedreira como meu lugar pois como vegano minha maior conexão é com a natureza. Este lugar me traz o silêncio e a
...continue lendo

Família Skate 05jan

Família Skate

“Artur Bernardes Damo, 39 anos de idade, filósofo de formação, skatista desde 1985, naturalizado valinhense e morador da proximidade central da cidade. Meu local predileto para a prática do esporte de coração, é o Half-pipe que se encontra no Parque Municipal Mon Senhor Bruno Nardini, também participo como colaborador no projeto Skate Constrói, que acontece
...continue lendo

Escolhas da vida 17nov

Escolhas da vida

“Marcos Donizete Rodrigues, nasci em 1971. Antes de chegar aqui eu mexia com lanche, aí o que eu tinha era uma clientela bem boa. Ai do cachorro-quente a gente passou pra outro tipo de lanche, levou um certo tempo, eu trabalhava registrado e saí pra trabalhar por conta. O lanche mudou nossa vida, com ele
...continue lendo

Vida digna 16nov

Vida digna

“Já sonhei muito, já quis mudar o mundo. Hoje em dia, cara, meu sonho é dar uma qualidade de vida razoável pra minha família, pros meus dois filhos, minha esposa e ter uma vida tranquila. Ter uma vida digna, respeitar as pessoas.”

Pé Vermelho 15nov

Pé Vermelho

“Sidineia Pereira Nunes, tenho 35 anos, nasci em Campinas e moro há 35 anos em Sumaré. Tenho 10 irmãos, pai baiano, mãe pernambucana e peguei o começo de Sumaré mesmo, parecido com o começo aqui do Vila Soma. O pessoal fala que a gente é pé vermelho, mas em Sumaré todo mundo era. A cidade
...continue lendo

Trabalho na terra 14nov

Trabalho na terra

“Verônica Roque dos Santos, 58 anos de idade e já 14 aqui de assentamento. A gente veio pra cá em 2003, né, foi bastante difícil, não tinha muito recurso, a gente dependia até de fazer uma arrecadação pra ajudar o pessoal que era mais fraco, a gente foi buscando projetos e foi melhorando as coisas.
...continue lendo

Inventar soluções 13nov

Inventar soluções

“Jorge Inocêncio Alves Júnior, 37 anos, sou daqui de Ubatuba mesmo. Eu tive avós muito que além de serem muito criativos sempre incentivaram a minha criatividade. Então sempre tinha casa de farinha, aquelas engrenagens com cintos, correias e tudo mais que tem na roça. O caiçara tem sua forma de fazer, né? Você tem que
...continue lendo

Família unida 29out

Família unida

“Maria Carolina Mouro César dos Reis, 37 anos. Eu comecei a trabalhar aqui depois que eu me formei, eu estudei em São Paulo, fiquei lá até 2003. Fui pra lá estudar Administração, fui não com a intenção de voltar, eu fui fazer administração e viver. Aí eu comecei a me identificar mais com esse negócio
...continue lendo

Família dos cavalos 29out

Família dos cavalos

“Meu nome é Marcelo Vieira Roldan, tenho 43 anos, trabalho há 20 anos com cavalo. Hoje eu sou ferrador, eu ferro cavalo porquê eu gosto. Sempre vivi esse mundo dos cavalos. Meu pai era treinador de cavalo de corrida, eu ajudava ele desde os 7 anos de idade. Minha família já tem 100 anos que
...continue lendo

Paraisópolis do bem 28out

Paraisópolis do bem

“Joildo Barreto dos Santos, tenho 31 anos. Então, eu nasci numa cidade chamada Ituberá, lá no Sul da Bahia, uma cidade que tem cachoeira, que tem praia, é uma cidade no litoral baiano bastante quente, e lá é o segundo maior produtor de guaraná do Brasil, então a empresa lá emprega muita gente local nessa
...continue lendo

Meu lugar 28out

Meu lugar

“Meu nome é Juan Carlos de Almeida Souza, tenho 28 anos, sou nascido aqui em Araçatuba, filho do João Henrique de Souza. Graças a Deus eu tive o privilégio de conhecer esse lugar maravilhoso que é a Prainha, é um lugar maravilhoso pra quem gosta da natureza. Antes disso eu era pedreiro, eu tomava conta
...continue lendo

Estradas da vida 27out

Estradas da vida

“Joaquim Roberto Simões, tenho 51 anos, já ‘tô’ aqui na parte da cana já há uns 17 anos, eu vivi muito tempo na estrada, 22 anos na estrada, depois passei pra cá. Claro, ainda sou caminhoneiro, mas ser caminhoneiro aqui é uma rotina diferente do que tinha antes. Foi tudo meio de repente, com esse
...continue lendo

Trabalhar e trabalhar 27out

Trabalhar e trabalhar

“Antônio Francisco, 71 anos. 27 aqui na Asten, entrei aqui em 1990. Eu sou de Campinas, moro lá. Eu vim aqui, fiz um teste, fui aprovado e comecei. Comecei com a ferramentaria mesmo, aqui eu ‘tô’ há 27 anos. Tem que trabalhar, né! Eu gosto do que eu faço, certo, todos esses anos sempre na
...continue lendo

Projeto Tamar 26out

Projeto Tamar

“Tenho 43 anos, 19 aqui em São Paulo. Eu trabalho no Tamar há 28 anos já. Na verdade, a história começou porquê lá no Espírito Santo, eles consertavam os carros do Tamar na oficina do meu pai, então eu já trabalhava com o meu pai de ajudante de mecânico, só que eu não queria ser
...continue lendo

Meu espaço 26out

Meu espaço

“João Francisco de Lima, 61 anos, eu gosto muito daqui, faz 4 anos que eu moro aqui, certo? Em Araçatuba faz tempo que moro, mas vim pra cá atrás da minha terra a uns 4 anos. Foi quando vim pra cá que eu entrei no MST. Um aluta justa, uma luta por terra. Aqui eu
...continue lendo